PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

PONTO DE PARTIDA (pág.1)
Bráulio Luna Filho


ENTREVISTA (pág.4 a 9)
Roberto Cardoso


CRÔNICA (págs. 10 a 11)
Gregório Duvivier*


SOLIDARIEDADE (págs.12 a 15)
Saúde & países pobres


DEBATE (págs.16 a 21)
Transplante de fígado


HISTÓRIA DA MEDICINA (págs. 22 a 25)
Guido Arturo Palomba*


GIRAMUNDO (págs. 26 a 27)
Curiosidades & Novidades


PONTO.COM (págs. 28 a 29)
Informações do mundo digital


HOBBY (págs. 30 a 33)
Médicos escritores e blogueiros


CULTURA (págs. 34 a 38)
A cidade por outra visão


LIVRO DE CABECEIRA (pág. 39)
Arte & Ciência


+CULTURA (págs. 40 a 41)
Lazer & entretenimento


TURISMO (págs. 42 a 46)
África do Sul


CARTAS & NOTAS (pág. 47)
Leitores


FOTOPOESIA (pág. 48)
Sá de Miranda


GALERIA DE FOTOS


Edição 70 - Janeiro/Fevereiro/Março de 2015

CARTAS & NOTAS (pág. 47)

Leitores

Reprovação no Exame do Cremesp é alarmante

 

O alto índice de reprovação da décima edição do Exame do Cremesp, cujos resultados foram divulgados no final de janeiro último, confirma a situação alarmante do ensino em escolas médicas. Realizada em outubro de 2014, a prova – que avalia o desempenho dos recém-formados em Medicina – foi a terceira após ter se tornado obrigatória para quem deseja obter o registro de médico no Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo. O registro no Cremesp não depende, contudo, do desempenho ou da aprovação nas provas devido à ausência de legislação nacional que regulamente o exame.

Dos 2.891 recém-formados em escolas médicas do Estado de São Paulo que participaram da avaliação no ano passado, um total de 1.589 – ou 55% deles – não atingiu o critério mínimo definido pelo Cremesp. Ou seja, acertaram menos de 60% do conteúdo da prova. Os outros 45% – ou 1.302 egressos – acertaram mais de 60% do conteúdo. Entre as escolas públicas paulistas, a reprovação foi de 33%. Já entre os cursos de Medicina privados do Estado de São Paulo, 65,1% foram reprovados. “Esse resultado demonstra a má qualidade do ensino médico no País”, destacou o presidente do Cremesp, Bráulio Luna Filho.

 


Atualize seu endereço

A devolução de correspondências enviadas pelo Cremesp aos médicos do Estado de São Paulo aponta que há um significativo número de profissionais com endereço desatualizado em nossos cadastros. Por isso, o Conselho solicita que os médicos atualizem todos os seus contatos – endereços, telefones e e-mails. Pede também o apoio dos médicos, no sentido de avisar colegas que aparecem no rol de endereços desatualizados.

A atualização é rápida e pode ser feita pela internet. Consulte se o seu nome consta da lista de endereços desatualizados no Portal do Cremesp.


 

 

 


Este conteúdo teve 1044 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2018 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 209 usuários on-line - 1044
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior