Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 16-06-2021
    Ação judicial
    Cremesp notifica judicialmente site de venda de atestados e laudos médicos
  • 14-06-2021
    Vitória judicial
    De forma inédita, Cremesp consegue importante precedente jurídico no combate à flexibilização do Revalida
  • 14-06-2021
    Ação judicial
    Cremesp notifica denuncieseumedico.com e informa Conselhos Regionais
  • 10-06-2021
    Live
    Mucormicose e covid-19
  • Notícias


    15-12-2017

    Optometristas

    Ação do Cremesp pede indenização de R$ 1 milhão por exercício ilegal da Medicina

    O Cremesp entrou com ação na Justiça, em 1 de dezembro, contra o Conselho Regional de Óptica e Optometria de São Paulo (Croo-SP), pedindo indenização por dano moral coletivo, no valor de R$ 1 milhão, pelo exercício ilegal da Medicina. O valor da indenização será destinado ao Fundo de Defesa dos Direitos Difusos.

    O Croos/SP – uma associação de direito privado e não autárquica – promoveu o mutirão  “Outubro Brilhante”  em Campinas, no qual optmetristas realizaram atendimento oftalmológico à população. Os participantes efetuaram procedimentos como diagnóstico, prescrição de lentes e óculos, invadindo prerrogativas dos médicos.

    O Cremesp solicita que a associação exiba, em juízo, a lista completa dos  participantes do mutirão, para apuração de responsabilidade penal pelo possível exercício ilegal da Medicina.  

    Associação perde ação contra Cremesp

    Recentemente, a Justiça negou ao Croo-SP um pedido de liminar contra o  Cremesp.  A associação tentou remover do site e das redes sociais do Cremesp, uma matéria que repudia a declaração do vereador e optometrista, Fernando Mendes (PRB), de Campinas, que atribuía aos médicos oftalmologistas os problemas de saúde pública da região. Na matéria, o Cremesp também exige a retratação pública do vereador em respeito aos mais de 3,5 mil oftalmologistas inscritos no Estado.


    Veja os comentários desta matéria


    Todo apoio ao CREMESP! Se querem trabalhar como médicos, é só prestar vestibular para medicina (no momento há tantas faculdades que não há mais dificuldades em se formar), estudar 6 anos, mais dois de residência em oftalmologia. Ou então, mudem a lei. O processo legal, solicitando ressarscimento por dano moral me parace a melhor resposta.
    Carlos

    Deixe o seu comentário

        Dê sua opinião sobre a matéria acima em até mil caracteres. Não serão publicados  textos ofensivos a pessoas ou instituições, que configurem crime, apresentem conteúdo obsceno, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou sugiram links, entre outros.  Os textos serão submetidos à aprovação antes da publicação, respeitando-se a jornada de trabalho da comissão de avaliação (horário de funcionamento do Cremesp, de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas). O Cremesp reserva-se o direito de editar os comentários para correção ortográfica.  Os  usuários deste site estão sujeitos à política de uso do Portal do Cremesp e se comprometem a respeitar o seu Código de Conduta On-line.

    De acordo.


    Este conteúdo teve 175 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2021 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 236 usuários on-line - 175
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior