Pareceres


Nova Pesquisa | Voltar
Enviar por e-mail | Imprimir apenas a ficha | Imprimir o parecer com a ficha

PARECER Órgão: Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo
Número: 171182 Data Emissão: 04-07-2012
Ementa: O bisturi harmônico ou ultracision pode ser utilizado em cirurgias laparoscópicas e também por laparotomia. Trata-se de equipamento seguro, capaz de promover hemostasia seguida do corte da estrutura. Sua utilidade é mais destacada nos procedimentos laparoscópicos, onde nitidamente promove economia de tempo cirúrgico, com ligaduras e cortes precisos e seguros, com mínima dissipação do calor hemostático para órgãos e estruturas vizinhas. Em ginecologia pode ser usado em histerectomias, salpingectomias, ooforectomia e ooforoplastia. Não é equipamento indispensável, porém facilita o ato cirúrgico, com economia do tempo cirúrgico, principalmente.

Imprimir apenas a ficha


Imprimir o parecer com a ficha

Consulta    nº  171.182/10

Assunto: Em que tipos de procedimentos é indicado o uso da pinça de ultracision. Se é  indispensável o uso desta pinça, e em que casos.

Relator:  Conselheiro Krikor Boyaciyan.

Ementa:  O bisturi harmônico ou ultracision pode ser utilizado em cirurgias laparoscópicas e também por laparotomia. Trata-se de equipamento seguro, capaz de promover hemostasia seguida do corte da estrutura. Sua utilidade é mais destacada nos procedimentos laparoscópicos, onde nitidamente promove  economia de tempo cirúrgico, com  ligaduras e cortes precisos e seguros, com mínima dissipação do calor hemostático para órgãos e estruturas vizinhas. Em ginecologia pode ser usado em histerectomias, salpingectomias, ooforectomia e ooforoplastia. Não é equipamento indispensável, porém facilita o ato cirúrgico, com economia do tempo cirúrgico, principalmente.

A presente Consulta foi enviada a este Regional pelo consulente Dr. K.R.P., representando UNIMED de determinada cidade do interior de São Paulo, acerca da utilização da pinça ultracison em histerectomias. Neste sentido, faz às seguintes perguntas:

"1) Em que tipos de procedimentos o CREMESP entende indicado o uso da pinça de ultracision?

2) O CREMESP entende indispensável o uso desta pinça? Em que casos?"


PARECER

Após análise dos questionamentos apresentados, temos a esclarecer que:

Pergunta: 1) Em que tipos de procedimentos o CREMESP entende indicado o uso da pinça de ultracision?

Resposta: 1) O bisturi harmônico ou ultracision pode ser utilizado em cirurgias laparoscópicas e também por laparotomia. Trata-se de equipamento seguro, capaz de promover hemostasia seguida do corte da estrutura. Sua utilidade é mais destacada nos procedimentos laparoscópicos, onde nitidamente promove  economia de tempo cirúrgico, com  ligaduras e cortes precisos e seguros, com mínima dissipação do calor hemostático para órgãos e estruturas vizinhas (como o ureter, por exemplo). Em ginecologia pode ser usado em histerectomias, salpingectomias (por prenhez ectópica, por exemplo), ooforectomia e ooforoplastia.

Pergunta: 2) O CREMESP entende indispensável o uso desta pinça? Em que casos?

Resposta: 2) Não é equipamento indispensável, porém facilita o ato cirúrgico, com economia do tempo cirúrgico, principalmente.

Obviamente, deve-se seguir as recomendações do fabricante a respeito do uso único e reprocessamento da pinça.


Este é o nosso parecer, s.m.j.

  
Conselheiro Krikor Baoyaciyan


APROVADO NA 4.393ª  REUNIÃO PLENÁRIA, REALIZADA EM 13.05.2011.
HOMOLOGADO NA 4.396ª REUNIÃO PLNEÁRIA, REALIZADA EM 17.05.2011

Imprimir o parecer com a ficha

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. -
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior