PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (pág. 1)
Renato Azevedo Júnior - Presidente do Cremesp


ENTREVISTA (pág. 4)
Edmund Pellegrino, do Kennedy Institute of Ethics


SAÚDE NO MUNDO (pág. 9)
E U R O P A


CRÔNICA (pág. 12)
Cássio Ruas de Moraes*


SINTONIA (pág. 14)
Alexandrina Meleiro*


DEBATE (pág. 18)
A atuação de recém-formados em regiões distantes do país


SUSTENTABILIDADE (pág. 24)
O descarte e a reutilização de materiais


HISTÓRIA DA MEDICINA (pág. 27)
Por Renato M.E. Sabbatini*


GIRAMUNDO (págs. 30/31)
Curiosidades da ciência e tecnologia, da história e da atualidade


PONTO COM (págs. 32/33)
Acompanhe as novidades que agitam o mundo digital


HOBBY (pág. 34)
Valdir Lopes de Figueiredo


LIVRO DE CABECEIRA (pág. 37)
O Conto da Ilha Desconhecida - André Scatigno*


CULTURA (pág. 38)
INHOTIM - Todos os sentidos da arte


CARTAS & NOTAS (pág. 43)
Comentários, Fontes e Referências Bibliográficas


TURISMO (pág. 44)
Na Garupa de um Motociclista...


FOTOPOESIA( pág. 48)
Sophia de Mello Breyner Andresen


GALERIA DE FOTOS


Edição 56 - Julho/Agosto/Setembro de 2011

GIRAMUNDO (págs. 30/31)

Curiosidades da ciência e tecnologia, da história e da atualidade


Agora, é engraçado

“Saúde à Venda” é o título de uma interessante exibição de pôsteres no Museu de Arte da Filadélfia, Estados Unidos, mostrando que o marketing nesse setor, aliado ao charlatanismo, perdura no tempo. Engraçada – agora que não há mais perigo de ninguém cair em tentação –, a mostra traz cartazes que apresentam sempre uma visão otimista do futuro, após o uso de determinado produto, que deixa a pessoa mais feliz e melhor, ou mais sábia e, ao mesmo tempo, mais triste e miserável sem ele.

Durante séculos, a artimanha correu de boca em boca, mas com o aparecimento do pôster, em meados do século 19, esses cartazes proliferaram-se por todo o mundo. Por exemplo, nos EUA, P.H. van der Weyde, médico, professor e inventor anunciava o Cinto Eletrogalvânico Alemão, para aflições que incluíam doenças do fígado, estômago e rins.

Energia 1
Futebol que ilumina

Quatro engenheiras da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, tiveram uma ideia literalmente brilhante, destinada aos países subdesenvolvidos. Inventaram uma bola que converte a paixão pelo futebol e os chutes dos jogadores em energia elétrica. A sOccket, como foi denominada, tem potencial para armazenar, a cada 10 minutos de jogo, energia suficiente para iluminar uma lâmpada Led por até três horas. Pode também carregar celulares e baterias. Isso foi possível com a utilização do mesmo dispositivo das lanternas que funcionam ao serem agitadas pelo usuário, conhecido como bobina de indução. Dentro da bola, há um ímã e uma bobina desse tipo, em forma de cilindro, envolvida por um fio elétrico. Nos jogos de futebol, o movimento da bola produz atrito entre o ímã e a bobina, gerando eletricidade.

Fonte: The New York Times

Energia 2
Ajuda inusitada

Um grupo de pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, descobriu uma forma inusitada de melhorar a eficiência na conversão de energia solar em elétrica: por meio do uso de vírus. Publicado na revista Nature Nanotechnology, o estudo emprega também nanotubos de carbono para aumentar a eficiência no agrupamento de elétrons na superfície da célula solar para a produção de corrente elétrica.

Fonte: Agência Fapesp

Minúsculos e fantásticos

Imagens fantásticas de minúsculos animais marinhos luminosos, a maioria de até quatro centímetros, são os alvos do fotógrafo Joshua Lambus, de 25 anos. Em seus mergulhos, em águas profundas do Mar do Havaí, ele já fotografou águas-vivas, polvos, lulas, camarões e diversos tipos de peixes brilhantes.

Sempre à noite, Lambus desloca-se, de barco, até cerca de cinco quilômetros longe da Costa e mergulha na completa escuridão. Após mais de 400 mergulhos, ele diz: “falta de luz e de referências é o mais próximo que posso imaginar de estar no espaço”.

Fonte: Uol

Tratamento médico na cadeia
 O norte-americano James Verone, de 59 anos, roubou US$ 1 em um banco, na Carolina do Norte (EUA), para ser preso e receber tratamento médico na cadeia, segundo o jornal Gaston Gazette. Após o “roubo”, o ladrão saiu do local, sentou-se em uma cadeira na calçada e esperou a chegada da polícia. Verone sente muitas dores no peito e tem um problema no pé esquerdo. “A dor que eu sinto já ultrapassou o nível tolerável”, contou. Ele calculou que, ao cometer um crime não violento, poderia garantir alguns benefícios sociais do governo quando saísse da cadeia. “Sou uma pessoa muito lógica e fiz tudo isso de maneira calculada”, explicou. Na cadeia, já sob tratamento médico, ele costuma tomar café da manhã e almoçar, mas evita jantar para não ter muito contato com os outros presos.

Fonte: Uol

Decifrando o caos

Dois estudos liderados pelos pesquisadores brasileiros, o físico espacial Abraham Chian, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), e o matemático computacional Erico Rempe, do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), publicados na revista Astrophysical Journal Letters, identificaram as estruturas coerentes que formam o “esqueleto” da turbulência. O fenômeno caracteriza-se pela movimentação caótica das partículas de um fluido. O objetivo das pesquisas é prever esses movimentos que, segundo os autores, poderão auxiliar os estudos sobre a dispersão de cinzas vulcânicas, ciclones, tornados, tsunamis, ciclos solares, formação de planetas e estrelas, o Universo primordial e outras áreas tão diversas como o transporte de sangue em sistema cardiovascular e a fusão termonuclear controlada.

Fonte: Agência Fapesp


Este conteúdo teve 87 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede - Frei Caneca: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - 01307-002

Subsede - Vila Mariana: Rua Domingos de Moraes, 1810
Vila Mariana – São Paulo/SP - 04010-200

Sede - Consolação: Rua da Consolação, 753
(Sem atendimento ao público)
Centro - São Paulo/SP - 01301-910

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 5908-5600 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS

CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2018 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 354 usuários on-line - 87
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior