PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (pág.1)
Ponto de Partida - Novo Código de Ética Médica reafirma o respeito ao ser humano


ENTREVISTA (pág. 4)
Uma conversa com o introdutor do ensino de Nutrologia nas escolas médicas do país


EM DEBATE (pág. 9)
Abortamento espontâneo: entender porque ocorre reduz o estresse associado à perda


CRÔNICA (pág. 12)
Ruy Castro e a biografia que escreveu sobre a "pequena notável"...


SAÚDE NO MUNDO (pág. 14)
O sistema de saúde português garante a melhoria significativa de saúde da população


AMBIENTE (pág. 18)
Conheça a rede mundial Saúde Sem Dano: mais de 50 países participam


SINTONIA (pág. 21)
Indústria de alimentos deve estimular o consumo de produtos saudáveis


EM FOCO (pág. 23)
Forças Armadas do Brasil e Força Expedicionária Brasileira


GIRAMUNDO (pág. 26)
Curiosidades da ciência e da história


PONTO COM (pág. 28)
Canal de atualização com as novidades do mundo digital


HISTÓRIA (pág.30)
A assepsia das mãos na prática médica


GOURMET (pág. 33)
Acompanhe a preparação de uma receita especial para a macarronada do domingo...


CULTURA (pág. 36)
Tide Hellmeister: artista de técnicas variadas, deixou obras expostas no Cremesp


TURISMO (pág. 40)
Registro de um passeio inesquecível pelos vilarejos franceses


CABECEIRA (pág. 46)
Confira as sugestões de leitura do médico cardiologista Adib Jatene


CARTAS (pág. 47)
Versões digitais do JC e da SM facilitam acesso e leitura


POESIA(pág. 48)
Explicación, de Pablo Neruda, no livro Barcarola (1967)


GALERIA DE FOTOS


Edição 51 - Abril// de 2010

CABECEIRA (pág. 46)

Confira as sugestões de leitura do médico cardiologista Adib Jatene

Filosofia da Cirurgia

Adib Jatene*

O livro Filosofia da Cirurgia, do professor Henrique Walter Pinotti, é não só altamente instrutivo, como de leitura agradável. Demonstra a erudição e o interesse do autor pelos vários aspectos da medicina em geral e da cirurgia em particular, dos seus primórdios aos dias atuais. O elo entre filosofia e medicina é o fio condutor da obra, que se apoia nos escritos de grandes médicos da história, como foram Hipócrates e Galeno, entre outros. Desde a Antiguidade se reconhece qualidades comuns entre o filósofo e bons médicos. O desinteresse, a prudência e a diligência são alguns dos atributos tão necessários ao primeiro como ao segundo.          

O livro nos dá a oportunidade de percorrer, sob vários aspectos, a história da cirurgia. Se nos primórdios, ela foi prática de sacerdotes e charlatães, os conhecimentos da anatomia permitiram sua transformação em ciência, com impactos significativos para a saúde e a qualidade de vida das pessoas. Os avanços tecnológicos, sem dúvida, foram importantes para que a cirurgia pudesse oferecer maior conforto e segurança aos doentes cirúrgicos. Em contrapartida, trouxeram uma espécie de automatização à relação médico-paciente. Nesse ponto, o autor nos propõe um exercício de reflexão sobre a condição existencial, do paciente e do cirurgião, diante da realidade mutável no tempo. Com aguda percepção, o professor Henrique Pinotti, possuidor de grande sensibilidade humana – além de vasta formação técnica – nos brinda com uma análise crítica do conhecimento, que muitas vezes nos passa desapercebido quando, no cotidiano da medicina, lidamos com a vida humana, suas dores e limitações.

É leitura que recomendo aos colegas.

Obra: Filosofia da Cirurgia
Autor: Henrique Walter Pinotti
Editora: O.L.M.


Dom Quixote e Dalí juntos

Bons livros nunca envelhecem. Prova cabal é o romance Dom Quixote de la Mancha, de Miguel de Cervantes, escrito há 400 anos, que continua figurando entre os 10 mais vendidos do mundo. Está disponível em livrarias brasileiras uma rara reedição, da editora portuguesa Dom Quixote, lançada em 2005. Essa edição especial, em caixa, do clássico da literatura, tem ilustrações de Salvador Dalí e apresentação da cervantista portuguesa Maria Fernanda Abreu. Os desenhos de Dalí foram feitos em 1946, originalmente para a versão em língua inglesa do romance, editada pela The Modern Library, de Nova York.

Dom Quixote é considerado o romance fundador da literatura moderna, que também iria influenciar, 300 anos depois, a obra do surrealista Dalí. Daí o duplo valor da preciosa reedição. Cervantes, que nasceu em 1570 e morreu em 1616, criou uma nova maneira de pensar a literatura ao utilizar a ironia e o humor como recursos narrativos.

A obra-prima de Cervantes conta as aventuras dos personagens Alonso Quixano, um decadente fidalgo, e Sancho Pança, seu vizinho lavrador. Quixano vivia obcecado pelos heróis de novelas de cavalaria e passava noites discutindo com seus amigos qual personagem era mais valente. A comparação entre os personagens chegava ao ponto de ele se esquecer de comer e dormir. Tanto leu que acabou achando que era, ele próprio, um cavaleiro andante em busca de fama e glória.

Obra: Dom Quixote de La Mancha
Autor: Miguel de Cervantes
Editora: Dom Quixote (Portugal)

*Cardiologista e professor universitário.


Este conteúdo teve 1473 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede - Frei Caneca: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - 01307-002

Subsede - Vila Mariana: Rua Domingos de Moraes, 1810
Vila Mariana – São Paulo/SP - 04010-200

Sede - Consolação: Rua da Consolação, 753
(Sem atendimento ao público)
Centro - São Paulo/SP - 01301-910

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 5908-5600 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS

CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2017 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 331 usuários on-line - 1473
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior