PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

PÁGINA 1
Nesta edição


PÁGINAS 4,5
Cartas e notas


PÁGINAS 6, 7, 8, 9, 10 E 11
Entrevista


PÁGINAS 12 E 13
Crônica


PÁGINAS 14, 15, 16, 17
História


18, 19, 20, 21
Panorama


PÁGINAS 22, 23, 24 E 25
Em foco


PÁGINAS 26,27,28 E 29
Vanguarda


PÁGINAS 30 E 31
Tecnologia


PÁGINAS 32 E 33
Medicina no mundo


PÁGINAS 34, 35 E 36
Opinião


PÁGINA 37
Resenha


PÁGINAS 38 E 39
Hobby


PÁGINAS 40,41,42 E 43
Turismo


PÁGINAS 44,45,46 E 47
Agenda cultural


PÁGINA 48
Fotopoesia


GALERIA DE FOTOS


Edição 89 - Outubro// de 2019

PÁGINAS 4,5

Cartas e notas

Cartas e notas

Cartas para: sermedico@cremesp.org.br ou Rua Frei Caneca, 1.282, Consolação, São Paulo - SP — CEP 01307-002. A Ser Médico se reserva o direito de publicar trechos das mensagens. Informar o nome completo e número de CRM, se for médico/a.

TRANSPLANTE DE ÚTERO
Gostaria de parabenizar à equipe do Hospital das Clínicas de São Paulo, responsável pelo transplante de útero realizado na instituição (N.R.: matéria publicada na Ser Médico, edição 87). Tenho orgulho de ver reconhecido, numa revista internacional de respeito, o desfecho com êxito desse procedimento pioneiro no Brasil, atestando a seriedade e pertinência desse feito. Parabéns a toda equipe do Hospital das Clínicas e a todos os médicos que se dedicam ao tratamento da infertilidade, reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como doença!
Silvana Chedid Grieco - CRM 57672

GRATA SURPRESA
Tive grata surpresa ao ler a edição 88 da revista Ser Médico. A crônica sobre o garoto Davi estava deliciosa. Parabéns e vida longeva a esta cara revista. Durante o pré-natal dos meus filhos, muito me alegrava encontrar na recepção do obstetra uma edição melhor que a outra. A corroborar o que dizia com propriedade o doutor Miguel Srougi: "a nossa sociedade precisa se desvencilhar dos motivos que afastam as pessoas da existência digna". Acredito que somente a cultura, a entrega incondicional, o amor ao que faz e o desprendimento da ciência médica nos colocarão num patamar cada vez mais rico e sublime.
Luiz Vieira, tecnólogo em Processos Gerenciais

HOMENAGEM AOS MÉDICOS
Os profissionais médicos da capital e região metropolitana paulista, que atuam há 50 anos sem nenhuma infração ética, receberam as homenagens do Cremesp durante solenidade realizada no dia 4 de dezembro, no auditório do Memorial da América Latina. Os homenageados fazem parte da uma geração histórica de médicos, marcada por muitos esforços próprios — sem auxílio de exames de alta complexidade ou equipamentos avançados — e escolhas que os levaram,  frequentemente, a abrir mão de outros aspectos de suas vidas e de momentos com a família. “O Cremesp é guardião da sociedade contra a má prática médica e os médicos homenageados tiveram uma jornada imaculada nesses 50 anos de atividades. Ou seja, é a comemoração das bodas de ouro do casamento com a Medicina”, pontuou Mario Jorge Tsuchiya, presidente do Cremesp, na cerimônia na capital paulista, realizada no Memorial da América Latina, em 2 de dezembro. As homenagens ocorreram também em Franca (25/10), São José dos Campos (30/10), Botucatu (04/11), São José do Rio Preto (05/11), Bauru (11/11), Araçatuba (13/11), Marília (14/11), Campinas (18/11), Presidente Prudente (27/11), Santos (27/11), Sorocaba (29/11), Araraquara (02/12), e Ribeirão Preto (07/12). Ao todo, foram homenageados 592 profissionais.

STF IMPEDE EXERCÍCIO DA ACUPUNTURA POR FISIOTERAPEUTAS
O Supremo Tribunal Federal (STF) negou, na semana de 3 de dezembro, agravo do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito) reivindicando autorização para que fisioterapeutas realizem atividades relacionadas à Acupuntura. O Cremesp manifesta total apoio ao posicionamento do presidente da corte, ministro Dias Toffoli, que não reconheceu na ação do Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura (CMBA) contra o Coffito qualquer afronta constitucional.
O CMBA questionava a entidade que representa os fisioterapeutas e terapeutas educacionais por, entre outros, pretender regulamentar atos privativos dos médicos.
Com o posicionamento do Supremo, fica mantido, definitivamente, o entendimento de que a Acupuntura é atividade exclusivamente médica. O Cremesp vem reiterando que a Acupuntura é uma especialidade médica não apenas no Brasil, como em diversos países. Portanto, para seu exercício, é fundamental a devida formação nas áreas básicas da Medicina, bem como capacitação para elaborar um diagnóstico etiológico e nosológico prévio à sua indicação. A edição anterior da Ser Médico, de número 88, publicou um dossiê sobre o assunto.

RODA DE CONVERSA COM O PRESIDENTE
O Cremesp, representado pelo seu presidente, Mario Jorge Tsuchiya, está promovendo uma série de reuniões nas principais cidades do Estado de São Paulo, com médicos, diretores clínicos, responsáveis técnicos de hospitais e demais interessados, visando realizar um diagnóstico dos principais problemas enfrentados na área da saúde, envolvendo a rotina médica. A Roda de Conversa já foi realizada em Ribeirão Preto (05/10), Campinas (26/10), Botucatu (30/10), Presidente Prudente (09/11), Araraquara (18/11), São José dos Campos (27/11), Santos (30/11), Marília (09/12), Itapira (11/12), Araçatuba (14/12) e São José do Rio Preto (16/12). Durante os encontros, o presidente debateu temas como os dilemas éticos da Medicina, as adversidades administrativas e no exercício da medicina em unidades de saúde, e o preenchimento correto de atestados de óbito. No fechamento desta edição da Ser Médico, estavam previstos, antes do término de 2019, mais duas Roda de Conversa, na capital paulista, com profissionais de hospitais privados e públicos da região.

POSICIONAMENTO SOBRE O MÉDICOS PELO BRASIL
O Cremesp, como guardião da boa prática médica, manifesta seu entendimento de que as deficiências no amparo aos brasileiros dependentes do SUS são multicausais, não resumindo-se apenas à suposta ausência dos médicos ou a sua má distribuição geográfica. Os problemas do sistema e as soluções para seu enfrentamento extrapolam medidas paliativas e que podem expor os pacientes a riscos ainda maiores. Por isso, o Conselho crê que a incorporação do Programa Médicos pelo Brasil é temerária, por apresentar pontos como a flexibilização de instrumentos que atestam a formação e a aptidão para o exercício da Medicina, como o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida). A autarquia reforça também a necessidade de o Ministério da Educação expor um criterioso sistema de monitoramento das mais de 400 faculdades e universidades supostamente aptas a revalidar diplomas estrangeiros, conforme anúncio feito pela pasta. O Cremesp seguirá empenhado na defesa desses pontos junto à Presidência da República e vigilante quanto à boa prática médica.

CAPA:

Esta imagem de microscopia eletrônica de varredura revela a presença de numerosos vírions do Vírus da Imunodeficiência Humana-1 (HIV-1), em verde, brotando de um linfócito cultivado. As múltiplas protuberâncias redondas na superfície celular representam locais de montagem e brotamento desses vírions.
C. Goldsmith, P. Feorino, E. L. Palmer e W. R. McManus; Center for Disease Control and Prevention (CDC - Centro de Controle e Prevenção de Doenças); EUA.


Este conteúdo teve 82 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 437 usuários on-line - 82
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior