Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 24-05-2022
    Fórum
    Cremesp debate remuneração e relações de consumo na carreira médica
  • 20-05-2022
    Defesa do Ato Médico
    Cremesp aciona Polícia Civil, MPSP e COVISA para suspensão de curso sobre prática médica, realizado por esteticistas
  • 18-05-2022
    Nova edição
    Biossegurança é o tema principal da revista Ser Médico deste mês
  • 18-05-2022
    Personalidade do ano
    Médica laureada pelo Cremesp recebe premiação na área da saúde
  • Notícias


    16-11-2004

    Alerta sobre Flutamida

    Anvisa divulga Alerta Técnico sobre a ocorrência de hepatite fulminante associada ao uso da droga no tratamento de acne e alopecia


    Alerta SNVS/Anvisa/Ufarm nº 7, de 21 de outubro de 2004

    Hepatite Fulminante Associada ao Uso de Flutamida em Mulheres

    "A Unidade de Farmacovigilância da Anvisa recebeu notificações de cinco casos de hepatite fulminante em mulheres jovens, que faziam uso da flutamida para o tratamento de alopecia, hirsutismo e acne. Quatro dos cinco casos evoluíram até o óbito, e, em dois casos, houve a tentativa de transplante hepático, sem sucesso. A maioria dos casos está relacionado com uso de medicamentos manipulados.

    A flutamida é um antiandrogênio, indicado unicamente para tratamento do câncer de próstata em estágio avançado. O registro de produtos à base dessa substância no Brasil, França e Estados Unidos, dentre outros países, não prevê seu uso em pacientes do sexo feminino. No Brasil, a comercialização da flutamida é restrita à prescrição médica.

    Embora tenham sido notificados à Unidade de Farmacovigilância quatro casos de óbito de mulheres jovens - 21 a 35 anos -, evidencia-se uma relação benefício/risco totalmente desfavorável, ratificando, assim, o posicionamento da Anvisa em relação à única indicação terapêutica aprovada: CÂNCER DE PRÓSTATA.

    Diante da gravidade da reação adversa, a Unidade de Farmacovigilância alerta sobre os riscos do uso da flutamida por mulheres e solicita a todos os profissionais de saúde que notifiquem a suspeita desta reação adversa (e todas as suspeitas de reação adversa a qualquer medicamento) por meio do Formulário de Suspeita de Reação Adversa a Medicamentos."

    Brasília, 21 de outubro de 2004

    Fonte: ANVISA


    Este conteúdo teve 142 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2022 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 289 usuários on-line - 142
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior

    O CREMESP utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no site implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Cookies do CREMESP. Saiba mais em nossa Política de Privacidade e Proteção de Dados.