Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 30-10-2020
    Nota de pesar
    Faleceu a médica e professora livre docente da FMUSP Claudette Hajaj Gonzalez
  • 29-10-2020
    Expediente
    Os serviços do Cremesp estão normalizados, com atendimento feito pelo sistema de agendamento na sede e regionais
  • 26-10-2020
    Feriado
    Atendimento por agendamento será retomado normalmente no dia 29 de outubro
  • 23-10-2020
    Nota
    Cremesp reforça a importância do uso de máscaras na prevenção à covid-19
  • Notícias


    04-03-2020

    Ações Judiciais

    Justiça Federal acata decisão do Cremesp e nega registro profissional a recém-formado por inconsistências no Revalida

    A 24ª Vara Cível Federal e o Tribunal Regional Federal da 3ª Região endossaram o posicionamento do Cremesp em negar o registro profissional de médico cirurgião a Alexandre Kirkwood Vallejos, formado pela Universidade Autônoma Gabriel René Moreno, da Bolívia, por inconsistências no processo de revalidação do diploma. A vitória judicial reforça a mobilização contínua do Cremesp em defesa ao Revalida. 

    Após a decisão da autarquia paulista, Vallejos acionou a Justiça por meio de um mandado de segurança, alegando ter feito todos procedimentos necessários junto à Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), com estudos complementares presididos pela Universidade Brasil, campus Penápolis, em São Paulo. No entanto, embasando-se, também, nas inúmeras provas apresentadas pelo Cremesp, o juiz Victorio Giuzio Neto, da 24ª Vara Cível Federal, indeferiu a liminar. Ele constatou que, além das diversas suspeitas de graves irregularidades ligadas às instituições, o curso de Medicina mencionado pelo discente é promovido apenas em Fernandópolis. E que não há nenhum edifício da escola cadastrado junto ao Ministério da Educação (MEC) no município em questão, de acordo com consulta ao sistema e-MEC.

    Não obstante à deliberação de Giuzio, Alexandre recorreu ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região, mediante agravo de instrumento, afirmando ter realizado residência médica na Santa Casa de Misericórdia de Penápolis, cidade onde a Universidade Brasil não possui sede. A juíza Leila Paiva Morrison corroborou a decisão judicial inicial, declarando que há inconsistências em relação à legitimidade da revalidação do diploma.

    Defesa à boa Medicina
    A atual gestão do Cremesp vem realizando inúmeras ações, desde novembro de 2018, em relação à validação de diplomas estrangeiros, tendo, inclusive, reunido diversos indícios de irregularidades envolvendo a Universidade Brasil, supostamente frequentada por Vallejos, que alicerçaram a Operação Vagatomia.

    Embora receba diversas solicitações de emissão de registros, o Conselho tem analisado, minuciosa e individualmente, cada requerimento, de modo a garantir a comprobação da devida qualificação médica.

    Veja algumas ações do Cremesp em defesa ao Revalida:

    Cremesp envia ofício aos parlamentares pela manutenção de veto que impede a revalidação de diplomas médicos por instituições de ensino particulares 

    Presidência da República acolhe pedidos do Cremesp e de demais entidades reforçando o Revalida 

    Cremesp identifica e cancela registro de suspeito de fraude em processo de revalidação 

    Cremesp cancela registro de médicos que fraudaram revalidação de diploma 

    Cremesp cancela CRM de formados no exterior que fraudaram revalidação de diploma e aciona parlamentares pela exigência do Revalida 

    Cremesp fornece provas inéditas de investigação sobre Universidade Brasil para PF e cobra providências da Justiça 

    UFMT entra em acordo com Cremesp e CFM para revalidação de diplomas estrangeiro 

    Cremesp ratifica apoio às atuações da PF no combate a ilícitos no ensino médico no País 
     


    Este conteúdo teve 1692 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 185 usuários on-line - 1692
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior