Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 22-08-2019
    Evento
    Cremesp reitera a importância do sigilo médico e do preenchimento correto de prontuários
  • 21-08-2019
    Produtividade
    Cremesp institui câmaras extras e acelera realização de julgamentos
  • 21-08-2019
    Otimização
    Câmaras Técnicas reagrupadas reduzem custos do assessoramento especializado
  • 21-08-2019
    Isenção de rodízio
    Ações para desburocratizar isenção de rodízio de veículos para médicos estão em curso no Cremesp
  • Notícias


    12-03-2019

    Evento

    Especialista expõe trajeto da Ética à Bioética em palestra para delegados do Cremesp

    “Bioética é um espaço multidisciplinar para a discussão dos problemas éticos relacionados à saúde humana e às ciências da saúde”. Uma das definições de Bioética, exposta por Marco Segre, professor falecido do Instituto Oscar Freire da Faculdade de Medicina da USP) foi a escolhida como mote para a palestra Da Ética à Bioética, realizada em 11 de março, no plenário do 9º andar da sede do Cremesp. O evento contou com a presença de delegados do Conselho, incluindo Edson Umeda, presidente da Sociedade de Bioética de São Paulo.

    A palestra foi ministrada por Aluísio Marçal de Barros Serôdio, docente da Unifesp/EPM e delegado do Cremesp da Vila Mariana, que traçou um painel histórico sobre o tema, usando alguns pensadores como o filósofo francês Paul Ricœur – que via a Ética em três níveis, ou seja, com o objetivo de alcançar “uma vida boa”; avaliar a “repercussão das escolhas individuais na vida de outros” e com a intenção de “adaptar-se às regras do jogo, em uma ‘sociedade justa’” –; além de os filósofos alemães Immanuel Kant e Friedrich Nietzsche.

    A fala de Marçal abrangeu também o que chamou de “proto-história” da Bioética, isto é, movimento que surgiu como fruto de uma “racionalidade prática colocada sob suspeita” pela efervescência cultural da década de 60, que teve entre seus ícones Martin Luther King; e o movimento hippie.

    Com um terreno preparado para a discussão e o enfrentamento, por meio da Ética e da Bioética, a Ciência e seus membros passaram a contestar experiências antiéticas perpetradas durante a 2ª Guerra Mundial e, mesmo, em contexto de pesquisa, como no “Caso de Tuskegee” – referência ao ocorrido em localidade homônima do Alabama (EUA), onde, a pretexto de se identificar a “história natural” da sífilis, 600 negros foram mantidos sem tratamento por quatro décadas, apesar de já haver sido descoberta a penicilina.


    Este conteúdo teve 1286 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    Delegacia da Vila Mariana:
    Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
    Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


    ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 246 usuários on-line - 1286
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior