Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 19-10-2018
    Sessão solene
    Nova gestão do Cremesp dá posse à sua diretoria em cerimônia que contou com presença de autoridades
  • 17-10-2018
    Dia do médico
    Campanha do Cremesp enfatiza trajetória de esforço e dedicação dos médicos
  • 17-10-2018
    Evento
    Solenidade de posse da gestão 2018-2023 do Cremesp será transmitida ao vivo pelo YouTube
  • 17-10-2018
    Evento
    Cremesp participa do V Congresso de Acupuntura do CMAESP, em São Paulo
  • Notícias


    26-01-2018

    Educação

    Cremesp lança campanha para tornar obrigatório o Exame para recém-formados em Medicina

    Para assinar, clique aqui

    O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) está empenhado para que se torne obrigatório, em todo o território nacional, o exame para recém-formados no curso de Medicina. 

    Assim, lançou uma campanha para conquistar a adesão dos médicos, autoridades, estudantes, formadores de opinião e a população em geral sobre a importância desta avaliação aos alunos recém-formados, como medida para a qualificação profissional e o incentivo à boa formação.
    Desde outubro de 2017, uma petição on-line (exameobrigatorio.com.br) tem como meta alcançar meio milhão de assinaturas para serem encaminhadas ao Congresso Nacional e, desta forma, agilizar o processo de aprovação do Projeto de Lei que torne obrigatório o Exame para recém-formados em Medicina (tramitando no Senado Federal), com validade para todo o país, como já ocorre com os alunos de advocacia recém-formados, que realizam o Exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

    Além da intensa divulgação nas mídias digitais e tradicionais (televisão, rádios e revistas), o Cremesp está mobilizando a sociedade, com o apoio de lideranças da Saúde, formadores de opinião e influenciadores digitais, para assinar a petição. Participe!


    Veja os comentários desta matéria


    Sou Biomédica, e concordo e muito com a iniciativa de haver um exame que meça o nível de qualidade do ensino e o aprendizado. Infelizmente vemos um descaso com a saúde, e muitas Pseudo Universidades abrindo vagas e mais vagas de Medicina, sem o minimo de qualidade. Sempre comentei com meus amigos de profissão que a na área da saúde se faz muito necessário essa qualificação. Não desmerecendo outras profissões, mas se um advogado ou um contador perde prazo ou se enrolam com papeis, no muito terão prejuízo financeiro... Já o médico se por falta de competência ou habilidade comete um erro, é a vida de uma pessoa que se perde, e atras dela familiares destruídos, sonhos despedaçados... Parabéns pela iniciativa e vamos divulgar!!
    Edwirges Neta
    Concordo com o exame, desde que seja aplicado a médicos formados depois do ano 2000. Para garantir um bom atendimento a população é necessário reavaliar todo o cenário médico, certo?
    SAmuel
    Apoio o fechamento irrestrito de todas faculdades sem condições de formação médica de qualidade. E que esta seja a real luta do CREMESP/CFM. Que este exame obrigatório tenha poder regulatório e penalizador. Impressionante a leniência enquanto se abriam faculdades sem qualquer condições, a grande maioria particulares e com interesses financeiros e o CFM ficou estático. Quantos alunos que vejo anualmente ingressando que não teriam nem condições de passar nos cursos menos concorridos. Vexatório.
    Bruno Barros
    com a abertura indiscriminada de faculdades de medicina com qualidade discutível , acho necessária a prova para recém formados
    celso fonseca
    Com estas aquisições (OAB - MARTA SUPLICY), fica difícil ter um exame que avalie bem o médico recém formado. Com todo respeito, a OAB penera tanto seus candidatos que em sua maioria saem para defender pessoas desonestas e mulheres que não prestam - vide a sexologia barata da Marta Suplicy) - é minha opnião e cada um tem a sua (espero que no conjunto de idéias prevaleça o bom senso, principalmente o lado moral da medicina que está vergonhoso).
    Marcio Rogério Fantini Mazzini
    Iniciativa, sem dúvida louvável! É preciso quebrar esse lobby nocivo, irresponsável, que produz faculdades de medicina de monte, desqualificadas, ao sabor da omissão e leniência das autoridades. Pena q o mecanismo de coleta de assinaturas esteja confuso. Qdo a gente clicasse no link deveria ir direto para o formulário para preenchimento de dados, assinasse e ponto. Está com muita firula e a gente acaba não assinando. Precisa rever isso juntamente com a Avaaz. Boa noite! ET: o botão prosseguir, abaixo, deveria estar mais distante do campo pra digitar carácteres da imagem.
    Bolívar A. Silva
    Concordo com o exame. Mas é bom lembrar que esta ferramente é uma medida para corrigir a falha que é abertura demasiada de cursos de medicina principalmente em áreas onde não há carência de médicos e o descaso do MEC no rigor com estes cursos.
    daniel c brianti
    Hoje, ouvi na rádio Bandeirantes, a notícia sobre a campanha “O futuro da Medicina depende da formação de bons médicos”. Fiquei muito comovida diante deste apelo da instituição CREMESP. Meus pensamentos voltaram ao passado e lembrei de como desde criança, exatamente aos quatro anos de idade, já sonhava em ser médica. Oriunda de uma família pobre, crescida nos subúrbios sem saneamento básico, muitas vezes medicada com remédios caseiros quando doente, pois, era quase impossível acessar um médico do serviço público, caminhei com a imensa sorte de ter estudado em uma boa escola e adentrei na Faculdade de Medicina Federal aos 17 anos de idade. Triste lembrança tenho quando relembro o quanto difícil era “passar” no vestibular. Década dos 80 do século XX. O orgulho envaidecia todos. As primeiras aulas vieram. Com elas, a realidade arrasadora de um curso cheio de falhas educacionais, uma universidade que não parecia ter seriedade e péssimos professores. O desespero tomou conta dos meus sonhos
    Márcia Menezes.
    Exame necessário!!!! Muitas faculdades de medicina sem instalações adequadas....como serão formados nossos profissionais???
    MARTA SILVERIO
    O curso de medicina te 6 anos de duração, sendo dois anos de internato. Além disso, para se especializar é necessário fazer uma residência de no mínimo 2 anos antecedida por uma prova de seleção. E quem optar por servir ao público de baixa renda, precisará fazer um concurso antes de ser contratado. Em vista disso, não consigo enxergar o porquê duma prova melhorar a qualidade do médico. Vejo apenas como um modo de empresas ganharem mais dinheiro do governo.
    Diego
    o exame é totalmente necessario, concordo 100% um erro médico pode matar alguém, a prova valida os conhecimentos do recem formado em medicina, tem todo o meu apoio.
    sandra
    Concordo muito com este exame, pois saberemos o comprimisso deles com as pessoas.
    Ellen
    Não sei que tipo de pessoas as faculdades de medicina estão formando, mas o descaso e a falta de habilidade e muitas vezes de conhecimento é gritante. Espero que esse exame realmente se concretize e que a sociedade possa contar com profissionais mais capacitados e humanos.. Médico não é Deus.... mas sim instrumentos usados por ele.
    Patricia de Castro Medelo
    Espero que realmente siga adiante, e que isso não seja algo que caia no esquecimento.
    Luciene
    Com certeza esse exame é preciso
    Rusy lennon Veloso de carvalho
    Principalmente na área da Saúde é necessário um rigor mais forte com os formandos. Sou totalmente a favor de um exame para ver a qualificação dos recém formados em medicina.
    Ana Maria Prudente Mayo Licciardi
    Concordo com a prova , assim teremos profissionais melhores
    Suelen
    Super concordo c essa iniciativa. Apoio!
    Suelen da Cunha Liberto
    Tudo é valido em prol de termos médicos melhores.
    Marcela
    Bom dia gostaria de saber se qualquer cidadão pode votar e qual site
    CECILIA
    Não sou formada em medicina, mas trabalho na area da saude. E tenho certeza que este exame ajudará e muito os recem formados. Ate pq cuidar da vida de um ser humano não é para qlq um e muito menos para pessoas despreparadas. A medicina tem exigir educação, comprometimento e mais assertividade do medico para com seu paciente.
    Yara Schmidt
    Mais do que necessário o exame para recém- formados. Muito atrasado, mas finalmente chegou!
    Sandra Piovesan
    Necessário pois será a população sofrerá com o despreparo dos médicos!!!
    liliane de oliveira pereira
    espero que vá adiante esta solicitação, de tornar obrigatório o uso de uma avaliação para testar o recem formado na area de medicina espero que tambem seja para ENFERMEIROS TEC / AUX ENFERMAGEM Eles tambem cometem bastante erros
    daniel henrique carvalho

    Deixe o seu comentário

        Dê sua opinião sobre a matéria acima em até mil caracteres. Não serão publicados  textos ofensivos a pessoas ou instituições, que configurem crime, apresentem conteúdo obsceno, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou sugiram links, entre outros.  Os textos serão submetidos à aprovação antes da publicação, respeitando-se a jornada de trabalho da comissão de avaliação (horário de funcionamento do Cremesp, de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas). O Cremesp reserva-se o direito de editar os comentários para correção ortográfica.  Os  usuários deste site estão sujeitos à política de uso do Portal do Cremesp e se comprometem a respeitar o seu Código de Conduta On-line.

    De acordo.


    Este conteúdo teve 8202 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    Delegacia da Vila Mariana:
    Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
    Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


    ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2018 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 224 usuários on-line - 8202
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior