Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 14-12-2017
    Unifesp
    Cremesp entrega carteira e Código de Ética Médica aos formados da Escola Paulista de Medicina
  • 14-12-2017
    Doação
    Cremesp apoia projeto Banco de Perucas Móvel
  • 14-12-2017
    Comendas CFM 2017
    Ex-presidente do Cremesp recebe homenagem do CFM
  • 13-12-2017
    Expediente no final de ano
    Cremesp alerta médicos e público em geral sobre horários de atendimento e prazos para obtenção de serviços
  • Notícias


    11-01-2017

    Falecimento

    São Paulo perde dois expoentes da Medicina: William Chahade e Paulo Vaz Arruda

    A Medicina perdeu dois grandes mestres que contribuíram notavelmente para a formação de várias gerações de médicos que atuam no País: o reumatologista Wiliam Habib Chahade e o psiquiatra Paulo Correa Vaz de Arruda.

    No dia 4/1/2017, faleceu, aos 75 anos, o professor doutor William Habib Chahade, que foi diretor do serviço de Reumatologia do Hospital do Servidor Público Estadual Francisco Morato de Oliveira – (HSPE-FMO), onde atuou por 40 anos. Nascido na cidade de Estância, no Estado de Sergipe, e formado em Medicina pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Sorocaba, Chahade também presidiu as sociedades Paulista e Brasileira de Reumatologia. No Hospital do Servidor, contribuiu para a criação da Residência Médica na especialidade que tornou a instituição destacável na produção científica em Reumatologia. Os conselheiros do Cremesp  Marco Tadeu Moreira de Moraes e Antonio Pereira Filho, além do coordenador da Câmara Técnica de Bioética, José Marques Filho, que especializaram-se na área no HSPE, ressaltam a dedicação e vocação do professor em estimular a produção de conhecimento na área.  “Chahade, além de um profissional dedicado, era muito interessado em que os outros aprendessem”, afirmou  Marco Tadeu. “Ele foi um notável professor, responsável pela realização do primeiro congresso mundial de Reumatologia no Brasil, além de ter criado o encontro bienal de ex-residentes do HSPE, ao qual não faltou um único ano”, complementou  Pereira Filho.    

    Paulo Vaz Correa Arruda (1928-2016)  

    O professor doutor Paulo Vaz Correa de Arruda, falecido no dia 29/12/2016, aos 88 anos, nasceu em Araraquara. Formou-se em Medicina, em 1953, pela Faculdade de Medicina da USP e estagiou na Universidade de Illinois, em Chicago nos Estados Unidos, onde obteve o título de expert em eletroencefalografia e eletrofisiologia. Como especialista, participou da equipe do professor Euryclides Zerbini, professor e diretor do Departamento de Cardiologia do HC-FMUSP, que realizou o primeiro transplante de coração na América Latina. Na equipe de Zerbini, Vaz era o responsável pelo diagnóstico de morte cerebral, que permitia a retirada de órgão para transplante.  

    Vaz foi coordenador das disciplinas de Psiquiatria, Psicologia Médica e Psicossomática da FMUSP, onde idealizou e fundou o Grupo de Assistência Psicológica ao Aluno (Grapal), curso pioneiro na área, que tinha por objetivo introduzir um novo método de ensino, visando à formação de médicos generalistas. Com classes de 45 alunos, divididos em subgrupos, o curso permitia uma maior convivência entre professor e aluno. A participação de profissionais da saúde mental, durante os atendimentos clínicos, possibilitava a observação dos aspectos psicológicos da relação médico-paciente.  

    A conselheira do Cremesp, Katia Burle Guimarães, que até julho de 2016 atuou  como psiquiatra do Núcleo de Apoio ao Discente Faculdade de Medicina de Marília ( Nuadi-Famema), destacou a importância do Grapal como modelo pioneiro de atendimento ao aluno de Medicina. Katia Burle conheceu o professor Vaz na década de 1990, ocasião em que a equipe da Famema buscava referências para estruturar o Nuadi.

    Ex-aluno e amigo de Paulo Vaz, o psiquiatra Luiz Roberto Millan, da Câmara Técnica de Psiquiatria do Cremesp, definiu o professor como "uma figura única, médico humanista  de destacada generosidade, que dedicou a vida ao ensino e aos alunos da FMUSP”.              

    Tags: falecimentomedicinareumatologiapsiquiatriaPaulo Vaz ArrudaWiliam Habib Chahade.

    Veja os comentários desta matéria


    A Reumatologia nunca mais será a mesma sem a presença do Chahade , dedicado, humano é brilhante ! Figura ímpar na Medicina e na Sociedade!
    Katia
    Grato pela oportunidade. Lamento, em conjunto com a comunidade médica Paulista, a perda de tão queridos e importantes líderes na formação médica. Quero sugerir, respeitosamente, uma discreta correção: Prof. Paulo Vaz Arruda participou do Curso Experimental de Medicina da Faculdade de Medicina da USP, entre 1968 e 1976. Este sim um curso pioneiro na área, que tinha por objetivo introduzir um novo método de ensino, cujas características estão bem descritas na matéria. Por sua vez, o GRAPAL - grupo de assistência psicológica ao aluno da Faculdade de Medicina (USP), foi criado em 1983, como Serviço cuja finalidade exclusiva fosse a de dar assistência psicológica ao aluno. Vaz Arruda idealizou e dirigiu os trabalhos dessa inigualável experiência que se firmou e vem sendo instituída em outros cursos de medicina, desde então. Espero que estas informações possam auxiliar a memória dos ilustres e saudosos colegas e ampliar os trabalhos que, com tanto zelo, apresentaram ao Brasil.
    joaquim e vieira

    Deixe o seu comentário

        Dê sua opinião sobre a matéria acima em até mil caracteres. Não serão publicados  textos ofensivos a pessoas ou instituições, que configurem crime, apresentem conteúdo obsceno, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou sugiram links, entre outros.  Os textos serão submetidos à aprovação antes da publicação, respeitando-se a jornada de trabalho da comissão de avaliação (horário de funcionamento do Cremesp, de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas). O Cremesp reserva-se o direito de editar os comentários para correção ortográfica.  Os  usuários deste site estão sujeitos à política de uso do Portal do Cremesp e se comprometem a respeitar o seu Código de Conduta On-line.

    De acordo.


    Este conteúdo teve 1878 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede - Frei Caneca: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - 01307-002

    Subsede - Vila Mariana: Rua Domingos de Moraes, 1810
    Vila Mariana – São Paulo/SP - 04010-200

    Sede - Consolação: Rua da Consolação, 753
    (Sem atendimento ao público)
    Centro - São Paulo/SP - 01301-910

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 5908-5600 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


    ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2017 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 272 usuários on-line - 1878
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior