Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 22-08-2017
    Nota Técnica
    Cremesp aprova recomendação do uso de nome social a profissionais travestis e transexuais
  • 21-08-2017
    Exame do Cremesp
    Inscrições gratuitas para o Exame do Cremesp começam nesta terça-feira (22/8)
  • 21-08-2017
    Evento
    Centro de Bioética do Cremesp discutirá aspectos da doação e transplante de órgãos
  • 21-08-2017
    Saúde Suplementar
    El País questiona valor de reajustes dos planos de saúde
  • Notícias


    20-12-2016

    Demografia Médica Paulista 2016

    40% dos médicos especialistas de SP se concentram em apenas 4 áreas da profissão

    ‘Raio-x’ do setor produzido pelo Cremesp aponta que em 35 anos número de médicos cresceu quase 4 vezes mais do que a população; idade média dos 123,7 mil profissionais do Estado é de 45 anos; mulheres são maioria em 14 especialidades

    No Estado de São Paulo, 37,4% dos médicos especialistas se concentram nas áreas de Pediatria, Clínica Médica, Cirurgia Geral e Ginecologia e Obstetrícia. É o que aponta a pesquisa Demografia Médica Paulista 2016,  produzida pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) e pelo Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), um grande “raio-x” estatístico do setor. 

    Segundo o levantamento, há 70.845 médicos especialistas no Estado. Desse total, o número de títulos dos profissionais é de 93.036, o que significa que uma parte deles possui mais de um título, podendo exercer mais de uma especialidade.

    As quatro áreas com menor número de especialistas em São Paulo são Medicina Esportiva, Radioterapia, Cirurgia de Mão e Genética Médica.

    A Demografia do Cremesp mostra que o Estado de São Paulo possui 123.761 médicos, o que representa uma razão de 2,79 profissionais a cada 1.000 habitantes, superior à média nacional, de 2,1 e a terceira maior do Brasil, atrás do Distrito Federal (4,9) e do Rio de Janeiro (3,75). 

    Entre 1980 e 2015 o contingente de médicos no Estado cresceu 286,89%, 3,7 vezes mais do que a população, que aumentou 77,92% no mesmo período. 

    A densidade de médicos por habitante em território paulista se aproxima ou supera a de nações como Inglaterra (2,8 por mil habitantes), EUA (2,5) e Canadá (2,4).

    No entanto, a distribuição dos profissionais pelo Estado é desigual. A região com mais densidade de médicos é a de Ribeirão Preto, com 4.817 profissionais e razão de 3,32 médicos por mil habitantes, seguida pela Grande São Paulo, que tem 64.244 médicos (56,2% do total do Estado) e razão de 3,05 médicos por mil habitantes (veja tabela abaixo). 

    “Além de São Paulo concentrar mais médicos que outros estados, ainda temos uma concentração muito maior em algumas regiões. E se há disponibilidade numérica de médicos em São Paulo, por que faltam profissionais em várias estruturas nas periferias da Capital e algumas cidades do interior do Estado?” questiona Mario Scheffer, responsável pela pesquisa DMP e professor do Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).

    Na outra ponta, as regiões de Registro (Vale do Ribeira) e de São João da Boa Vista possuem as menores densidades de médicos: 0,86 e 1,37 profissionais a cada mil habitantes. 

    As cinco cidades do estado com maior densidade médica são Santos (6,9 médicos por mil habitantes), Botucatu (6,45), Ribeirão Preto (6,2), Presidente Prudente (5,82) e São José do Rio Preto (5,56). A capital paulista aparece na oitava posição, com 4,58 médicos por mil habitantes. 

    "No Estado de São Paulo há maior concentração de faculdades de Medicina e as residências médicas bem estruturadas predominam na Capital. São importantes atrativos para a formação e atuação médicas, pois os profissionais tendem a se organizar em polos com melhores condições de trabalho e de recursos, para prestar um bom atendimento à população”, diz Mauro Aranha, presidente do Cremesp.

                      

    Mauro Aranha, presidente do Cremesp durante a coletiva

    O levantamento do Cremesp aponta ainda que 59,1% dos médicos de São Paulo possuem pelo menos um título de especialista. A idade média é de 44,7 anos. 

    As mulheres são maioria em 14 das 53 especialidades. Em três delas, representam mais de 70% do total de profissionais. São elas Dermatologia, com 77%, Alergia e Imunologia, e Pediatria, ambas com 72%.

    Os homens são maioria de mais de 80% na média de 12 áreas cirúrgicas, incluindo Ortopedia e Traumatologia (93%) e Urologia (98%). Dos 1.306 urologistas em atividade, apenas 26 são mulheres.

    Número de municípios, médicos, população e razão médico/habitante de cada uma das DRSs do Estado de São Paulo

    DEPARTAMENTOS

     

      População

      Médicos

    Razão médico/ 

    habitante

    Municípios

    N

    (%)

    N

    (%)

    DRS I - Grande São Paulo

    39

    21090791

    47.5

    64244

    56.2

    3.05

    DRS II - Araçatuba

    40

    769174

    1.7

    1152

    1.0

    1.50

    DRS III - Araraquara

    24

    991129

    2.2

    1635

    1.4

    1.65

    DRS IV - Baixada Santista

    9

    1797500

    4.0

    3812

    3.3

    2.12

    DRS V - Barretos

    19

    435311

    1.0

    914

    0.8

    2.10

    DRS VI - Bauru

    68

    1744292

    3.9

    3260

    2.9

    1.87

    DRS VII - Campinas

    42

    4433543

    10.0

    11563

    10.1

    2.61

    DRS VIII - Franca

    22

    696600

    1.6

    1136

    1.0

    1.63

    DRS IX - Marília

    62

    1128941

    2.5

    2176

    1.9

    1.93

    DRS X - Piracicaba

    26

    1527411

    3.4

    2686

    2.3

    1.76

    DRS XI - Presidente Prudente

    45

    762528

    1.7

    1836

    1.6

    2.41

    DRS XII - Registro

    15

    284031

    0.6

    245

    0.2

    0.86

    DRS XIII - Ribeirão Preto

    26

    1452570

    3.3

    4817

    4.2

    3.32

    DRS XIV - São João da Boa Vista

    20

    818983

    1.8

    1123

    1.0

    1.37

    DRS XV - São José do Rio Preto

    101

    1577234

    3.6

    4344

    3.8

    2.75

    DRS XVI - Sorocaba

    48

    2433059

    5.5

    4028

    3.5

    1.66

    DRS XVII - Taubaté

    39

    2453387

    5.5

    5374

    4.7

    2.19

     

     

     

     

     

     

     

    Fonte: Demografia Médica Paulista (Cremesp/FMUSP)

    Tags: Demografiapaulista.

    Este conteúdo teve 3996 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede - Consolação: Rua da Consolação, 753
    Centro - São Paulo/SP - 01301-910

    Sede - Luís Coelho: Rua Luís Coelho, 26
    Consolação - São Paulo/SP - 01309-900

    Subsede - Vila Mariana: Rua Domingos de Moraes, 1810
    Vila Mariana – São Paulo/SP - 04010-200

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 5908-5600 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


    ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2017 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 168 usuários on-line - 3996
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior