Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 21-06-2024
    Vitória da Amdesp e da Ampetra
    Senatran revoga exigência de CNPJ para médicos e psicólogos credenciados junto ao órgão
  • 21-06-2024
    Fenol
    Cremesp ingressa na Justiça Federal e pede proibição da Anvisa para venda do produto a não médicos
  • 18-06-2024
    Araraquara
    Estudantes de Medicina da Uniara lotam auditório para assistir ao Conversa com o Cremesp
  • 17-06-2024
    Atividade médica
    Representantes das Comissões de Ética participam de encontro e tiram dúvidas sobre atuação nas instituições 
  • Notícias


    02-12-2015

    Cláudia Collucci

    Novos médicos de São Paulo deverão passar por prova de conselho

    Médicos que pretendem concorrer a vagas em concursos públicos paulistas terão que ter feito antes o exame do Cremesp (conselho médico paulista) para poder participar do processo seletivo.

    A exigência consta em decreto publicado nesta quarta (2) no "Diário Oficial do Estado de São Paulo".

    Segundo o secretário de Estado da Saúde, David Uip, a decisão vale para o candidato graduado a partir de 2015. A comprovação da participação será exigida no momento da inscrição no concurso.

    Uip diz que gostaria de ter condicionado a contratação dos novos médicos à aprovação no exame, mas que, por força de lei, ainda não pode fazer essa exigência.

    O Cremesp aplica há 11 anos o teste para os recém-formados em medicina no Estado. Nesse período, a taxa de reprovação tem sido acima de 50%.

    Apesar de ser exame obrigatório para obtenção do registro do conselho, mesmo quem vai mal nele não é impedido de exercer a profissão. Por lei, o conselho não pode condicionar o registro ao resultado da prova. Para isso, seria preciso alterar a legislação federal.

    "Mas com decreto fica claro que apoiamos a iniciativa e que estamos preocupados com a formação médica no Estado, o que, aliás, deveria ser uma preocupação também no âmbito federal."

    Para Bráulio Luna Filho, presidente do Cremesp, as secretarias municipais também deveriam passar a exigir de seus novos médicos a participação no exame.

    "(o decreto estadual) É um avanço no atendimento à saúde, pelo menos, até haver uma legislação que adote um instrumento nacional de avaliação dos formados em faculdades de medicina do país", afirma.

    No Estado de São Paulo, hospitais como o Albert Einstein e operadoras como a Unimed de São Paulo, passaram a utilizar o exame do Cremesp como critério para o ingresso na residência médica e no mercado de trabalho.

    Mas tanto o CFM (Conselho Federal de Medicina) como o próprio Ministério da Educação se opõem ao modelo do exame do Cremesp.

    As entidades afirmam que o ideal é a avaliação seriada, durante o curso, não apenas no final. Elas entendem que os exames terminais responsabilizam unicamente o estudante por eventuais problemas no aprendizado, não gerando impacto para os processos de avaliação da instituição de ensino.
     

    Publicado originalmente pelo Jornal Folha de S. Paulo, edição impressa de 02/12/2015


     

    Tags: exameCremespavaliaçãoacadêmicosresidência médicatrabalhomercadoprofissionalconcursos.

    ESTA MATÉRIA AINDA NÃO FOI COMENTADA:

    Deixe o seu comentário

        Dê sua opinião sobre a matéria acima em até mil caracteres. Não serão publicados  textos ofensivos a pessoas ou instituições, que configurem crime, apresentem conteúdo obsceno, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou sugiram links, entre outros.  Os textos serão submetidos à aprovação antes da publicação, respeitando-se a jornada de trabalho da comissão de avaliação (horário de funcionamento do Cremesp, de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas). O Cremesp reserva-se o direito de editar os comentários para correção ortográfica.  Os  usuários deste site estão sujeitos à política de uso do Portal do Cremesp e se comprometem a respeitar o seu Código de Conduta On-line.

    De acordo.


    Este conteúdo teve 192 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2024 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 558 usuários on-line - 192
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior

    O CREMESP utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no site implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Cookies do CREMESP. Saiba mais em nossa Política de Privacidade e Proteção de Dados.