Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 19-12-2014
    Em breve
    Cremesp abrirá concurso público para diversos cargos dos níveis de ensino fundamental, médio e superior
  • 19-12-2014
    JC nº 321
    A última edição deste ano já está on line nas versões digital e html. Acesse aqui todas as matérias
  • 19-12-2014
    Salário médico
    Superintendente da Santa Casa afirma que não há previsão para efetuar pagamentos
  • 19-12-2014
    Eu Salvo Vidas
    Site temático que orienta médicos e população sobre doação e transplante de órgãos é reformulado
  • Notícias


    Enviar este link por e-mail
    26-10-2012

    Exame 2012

    INSCRIÇÕES ENCERRADAS! A prova objetiva será realizada em 11 de novembro. Informe-se sobre local e horário

    O Exame do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), que passa a ser obrigatório para obtenção do CRM e será realizado no dia 11 de novembro, está com as inscrições presenciais (nas delegacias) e pela internet encerradas

    A Fundação Carlos Chagas, que coordena a aplicação do exame, disponibiliza um link com informações sobre local e horário da prova objetiva. Acesse AQUI.

    A partir deste ano, a Resolução Cremesp nº 239 (de 25/07/2012) estabelece que, para obter seu registro profissional, os egressos dos cursos de Medicina apresentem uma declaração de realização do Exame. O registro não será condicionado ao resultado, mas à participação do graduado na prova. A iniciativa desta obrigatoriedade foi tomada em decorrência da queda acentuada na qualidade do ensino médico.

    Resultados das sete edições facultativas do Exame, realizadas de 2005 a 2011, mostraram que perto da metade dos graduandos prestes a se iniciar no mercado de trabalho revelou-se incapaz de exercer a profissão. Dos 4.821 estudantes que participaram do Exame do Cremesp entre 2005 e 2011, 46,7% foram reprovados. Na soma dos vários anos, pouco mais de 15% dos formandos fizeram o exame, número representativo, porém insuficiente, para uma avaliação mais aprofundada do universo dos graduandos.

    É importante lembrar que:

    • o Exame do Cremesp destina-se exclusivamente aos formandos do ano de 2012 que já solicitaram (a partir de 26/07/2012) ou vierem a solicitar registro primário em São Paulo, independente do Estado de sua formação;
    • os médicos que vierem a solicitar registro no Cremesp após a data do Exame, e forem formandos 2012, independente da data de liberação de seu diploma, estão obrigados a realizá-lo;
    • o formando que não se apresentar para realização do Exame deverá protocolar junto ao Cremesp, a partir do dia 12 de novembro de 2012, justificativa por escrito devidamente identificada e assinada, acompanhada de cópias de documentos que possam embasar o pedido, a qual será submetida à análise da Comissão Organizadora e Diretoria do Cremesp;
    • somente após deliberação favorável da justificativa o formando poderá ingressar com seu pedido de registro no Cremesp;
    • o recebimento de solicitações de registro primário no Cremesp estará suspenso no período de 12 a 23 de novembro, em razão da atualização dos controles referente aos médicos participantes do Exame;
    • a não realização do Exame do Cremesp 2012 impede a liberação do número de CRM e, consequentemente, impossibilita o exercício da profissão no Estado de São Paulo.

     

    Painéis distribuídos por diversas estações de metrô da cidade informam sobre o Exame do Cremesp 2012

    Estações de metrô Santa Cecília e Butantã

    Estações de metrô Vergueiro e Santa Cruz

    Estações de metrô MASP e Consolação

    Estações de metrô Clínicas e Brigadeiro

     

    Veja também:

    Exame do Cremesp
    Resolução nº 239 torna obrigatória a avaliação para o registro profissional


    Apoio ao Exame
    Instituições e entidades ratificam importância da iniciativa do Cremesp


    Exame do Cremesp agora é obrigatório (manual em pdf)  


    Fotos: Osmar Bustos e Beatriz Machado

    Tags: exame do Cremesp. avaliaçãoregistro profissionalformandosegressos de Medicinaapoioi.

    Veja os comentários desta matéria


    Concordo plenamente, agora tem que ser da mesma forma como: média, grau de dificuldade e exame prático, ai vamos ver quem é quem.
    jonas
    Por que não utilizar a mesma prova do Revalida na avaliação dos egressos do curso de medicina nacional? Independente da finalidade, o comentário é quanto ao nível da prova...
    Renato Fagundes
    Sou favorável ao exame, mas que seja similar ao do REVALIDA. Que tenha uma nota mínima de 70 pontos, então seria um exame justo. E depois o exame prático.
    Aldo
    Sou favorável a uma análise junto às universidades de Medicina, às quais são responsáveis pela formação do aluno e ficar por conta das mesmas a aplicação do exame final para ter essa certeza da capacitação do formando e, finalmente, poder concluir se o mesmo está apto ou não a entrar no mercado de trabalho.
    Atila Novak
    a- Sou favorável ao exame. b- São Paulo tem tradição de possuir serviços de residência de alta qualidade, assim, candidatos de todo o país aqui afluem (um legítimo direito) e concorrem com nossos doutorandos. c- É possível que o exame do CRM coincida com o exame de residência de instituições de alta qualidade de outros Estados. d- Tal fato alijaria nossos doutorandos dessa concorrência. e - Assim, é preciso que nosso órgão representativo seja sensível a esse problema e o saneie, caso contrário estaremos prejudicando nossos doutorandos.
    Carlos A. Bordini
    Deveríamos melhorar a qualidade do ensino médico, e não barrar alguns alunos após 6 anos de estudos porque não passaram em uma prova de um dia. Se a ideia é deixar apenas os bons médicos atuarem, devemos também extender a prova a TODOS os médicos já formados. Se o atendimento médico está ruim, não é culpa dos alunos que ainda nem se formaram, mas sim dos médicos que estão por aí e nunca se atualizam. Pensem nisso.
    Arnaldo Zimmerman
    O próximo passo é que haja uma nota mínima para que o formando receba o CRM e possa exercer a sua profissão, pois esses futuros médicos estão lidando com vidas e conhecimento, e é o mínimo que se espera deles. Eu não sei se existe, mas um ranking com as melhores notas seria uma incentivo a mais. Qual aluno não faria de tudo para estar entre os primeiros?
    João

    Deixe o seu comentário

        Dê sua opinião sobre a matéria acima em até mil caracteres. Não serão publicados  textos ofensivos a pessoas ou instituições, que configurem crime, apresentem conteúdo obsceno, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou sugiram links, entre outros.  Os textos serão submetidos à aprovação antes da publicação, respeitando-se a jornada de trabalho da comissão de avaliação (horário de funcionamento do Cremesp, de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas). O Cremesp reserva-se o direito de editar os comentários para correção ortográfica.  Os  usuários deste site estão sujeitos à política de uso do Portal do Cremesp e se comprometem a respeitar o seu Código de Conduta On-line.

    De acordo.


    Este conteúdo teve 643 acessos.

    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua da Consolação, 753
    Centro - São Paulo/SP - 01301-910

    Sub-sede: Rua Domingos de Moraes, 1810
    Vila Mariana – São Paulo/SP - 04010-200

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 5908-5600 das 8h às 20h

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE
    Consolação e Vila Mariana - das 9h às 18h

     

     

     

    Rede dos conselhos de medicina:
    © 2001-2014 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 56 usuários on-line - 643